“Temos apostado nas pessoas e no emprego”


Apesar de ser um município do interior do distrito de Aveiro, Sever do Vouga tem sido um território em crescimento nos últimos anos, seja a nível industrial e empresarial, seja a nível da construção de diversas valências para a população. A autarquia tem mostrado um empenho relevante na execução atempada de cada projeto, de modo a beneficiar o tecido económico e social do concelho. Com todas as vicissitudes de ser um concelho do interior, Sever do Vouga tem cimentado no presente as bases para um desenvolvimento no futuro. Tudo isto só resulta cativando as pessoas e tentando apoiar e melhorar as condições das empresas na criação de emprego e prossecução dos seus negócios.


Com pouco mais de 12 000 habitantes distribuídos pelas sete freguesias que formam o concelho, Sever do Vouga é um dos municípios do interior do distrito de Aveiro. Ao longo dos anos, Sever do Vouga tem sabido combater as vicissitudes da interioridade, apesar do êxodo de alguma população na última década. Este é um dos principais problemas com que a autarquia se tem debatido e centrado as suas atenções. Desta forma, sob um olhar global, o Município tem tentado elaborar e executar projetos que visem a fixação da população e a melhoria do seu nível de vida. Para isso, a atuação da Câmara passa por criar e melhorar valências tanto ao nível desportivo, como cultural e de apoio social, intimamente ligadas à população, e ainda valorizar o papel das empresas na melhoria das condições das zonas de acolhimento empresarial, das acessibilidades, da formação para a internacionalização, competitividade e empreendedorismo, pois são elas o motor da economia do território e o principal foco de emprego.

“Posso dizer que, sensivelmente ao meio do mandato, temos grande parte dos projetos já executado, mais de 50% ”, salienta António Coutinho, autarca de Sever do Vouga. Desta forma, a nível desportivo e de lazer, a autarquia tem-se empenhado em apoiar as coletividades do concelho, quer na construção como na remodelação e modernização das suas infraestruturas. A remodelação dos vários espaços de lazer do concelho também tem sido feita, enquanto a nível cultural, está prevista para breve a abertura do Museu Municipal e a continuação da programação variada e eclética do Centro de Artes do Espetáculo de Sever do Vouga. A nível social, a aposta passa pelo apoio às IPSS do concelho, as quais têm vindo a dotar-se de cada vez mais e modernas valências para apoio à população idosa e mais necessitada. A outro nível, a autarquia aprovou também uma redução do IMI para a taxa mínima, de modo a apoiar cada vez mais famílias e aquelas mais numerosas e com dependentes.


A nível empresarial e industrial, Sever do Vouga possui um importante e diversificado tecido, com empresas competitivas e exportadoras. Ao longo dos anos, o Município tem tentado apoiar as empresas existentes e a fundação de novas empresas. Prova disso é a criação do VougaPark, uma incubadora e área de acolhimento de empresas e espaço de formação aonde funciona a Escola Profissional de Aveiro - AEVA com áreas tecnológicas viradas para o mundo empresarial de Sever e da região, que nesta altura está com a sua lotação praticamente completa. Com um saldo da balança francamente positivo a nível das exportações, o Município de Sever do Vouga tudo tem feito para apoiar as empresas existentes, seja com uma redução da carga fiscal, redução de taxas de criação da empresa e licenciamento de obras ou na melhoria dos acessos às zonas industriais e outras infraestruturas como já foi referido. Contudo, “uma das principais preocupações passa pela criação de um acesso direto, com cerca de nove quilómetros, à A25, o que permitiria escoar os produtos da indústria existente e atrair mais empresas. Isso é uma grande aposta nossa e vai beneficiar as indústrias e proporcionar que elas se possam expandir, aumentar a sua produtividade, a sua competitividade e diversificar a sua atividade”, refere António Coutinho. De facto, este é um dos principais projetos deste executivo e um dos que o autarca gostava de ver em andamento ainda durante o mandato. A ligação de acesso à A25 afirma-se como fundamental para o desenvolvimento do concelho. “Temos apostado nas pessoas e no emprego. É possível conseguir chegar ao fim do mandato com quase tudo o que nos propusemos fazer no início do mesmo”, conclui António Coutinho. Daí que o desenvolvimento e a afirmação do município passe pela conclusão dos projetos já afirmados, dotando Sever do Vouga de novas e melhores potencialidades.