A educação é o futuro


A Venerável Ordem Terceira de São Francisco, de Barcelos, é uma Fraternidade Franciscana, ereta em 29 Novembro de 1654. A sua história cruza-se com a história de uma escrava negra, fundadora do Recolhimento e Asilo do Menino Deus, que evoluirá ao longo dos tempos para a Casa do Menino Deus. O seu olhar e a sua ação dedica-se com empenho e persistência à educação dos mais jovens: Creche, Ensino Pré-Escolar, escola do 1º Ciclo do Ensino Básico e Lar de Infância e Juventude são as valências que gozam do apreço e reconhecimento da comunidade barcelense.


A Venerável Ordem Terceira de S. Francisco desempenha um papel importante na sociedade barcelense desde o século XVII. Inicialmente teve a sua sede na Colegiada da Matriz de Barcelos, posteriormente na igreja da Misericórdia e de novo na Colegiada. Em 1732 inicia a construção da Igreja dos Terceiros no Campo da Feira, a qual verá a sua torre desabar em 1912, durante uma tempestade. Não conseguindo a sua reconstrução, a Venerável Ordem Terceira de S. Francisco chegou a acordo com a Câmara Municipal para a sua demolição em 1930. Os seus materiais foram aplicados pela Venerável Ordem na construção da Igreja de S. António, entregue em usufruto aos Frades Capuchinhos no ano de 1932.

Entretanto, o Asilo e Recolhimento do Menino Deus foi entregue em uso e administração à Venerável Ordem a 1 de novembro de 1928 e em quatro de fevereiro de 1931 os bens móveis e imóveis do Recolhimento e Oficina-Asilo do Menino Deus foram incorporados na Ordem, a qual já tinha aí a sua sede desde 1929. Nesse mesmo ano a gestão interna da Casa do Menino Deus foi entregue às Irmãs Franciscanas Missionárias de Maria até 2012, ano que em que essa gestão reverteu de novo para a Venerável Ordem Terceira de S. Francisco.


Missão
A Venerável Ordem Terceira de São Francisco é uma pessoa coletiva religiosa, reconhecida como IPSS e desenvolve atividades de caráter educativo, tendo como princípios orientadores os que decorrem do espírito de São Francisco. Esta notável ação tem a sua âncora na Casa do Menino Deus.

Fernando Cunha, vice-ministro, explica em entrevista ao Empresas+®: “A nossa missão é a educação, tal como está definida nos nossos estatutos. A Casa do Menino Deus é uma instituição de cariz católico, existindo uma ligação muito grande à paróquia de Santa Maria Maior, de Barcelos. O Lar de Infância e Juventude é a bandeira da instituição, mas é a função educativa desenvolvida nas nossas várias valências, que nos prestigia e da qual nos orgulhamos”.